(31) 3288-4104
(31) 3288-4104

Poros atua no terminal do BRT em Santa Luzia

A Marco XX, responsável pela construção do terminal do Move Metropolitano (também conhecido como BRT Metropolitano) no Bairro São Benedito, em Santa Luzia (MG), contratou a Poros Construtora para executar a terraplenagem e parte da pavimentação previstas no projeto. A obra reforça a parceria entre as duas empresas, que têm atuado juntas em diversas oportunidades. A previsão é que a Poros conclua essa etapa até meados de outubro, somando 60 dias de trabalho.

As atividades de terraplenagem incluíram escavação, carga, transporte e aterro, além de demolição e encaminhamento para bota fora. Todo o material proveniente das áreas de corte foi utilizado no aterro de outras áreas, possibilitando o chamado serviço de compensação. Como o terreno é composto por uma grande quantidade de fragmentos de rocha muito fina – conhecidos como silte –, foi necessário adotar uma medida extra para garantir a compactação do terreno. “Quando chegamos na cota de terraplenagem, fizemos um reforço nos 40 centímetros finais da camada de subleito, utilizando 1% de cal”, explica o engenheiro da Poros, Eduardo Henrique Andrade de Paula.

Segundo ele, isso foi necessário para garantir a resistência (ISC – Índice de Suporte Califórnia) solicitada no projeto, pois o terreno receberá uma pesada carga devido à futura circulação de ônibus no terminal. Para garantir o resultado esperado, foram feitos diversos ensaios no material retirado no local e no decorrer da execução da mistura da cal no reforço do subleito.

O Move Metropolitano

O Terminal São Benedito faz parte do Move Metropolitano, que começou a funcionar na Região Metropolitana de Belo Horizonte em 26 de abril deste ano. Por enquanto, os passageiros de Santa Luzia estão utilizando instalações provisórias.

O sistema vai funcionar em paralelo ao Move da capital mineira e terá sete estações exclusivas, nas quais os usuários vindos dos bairros e de municípios vizinhos descerão para embarcar em outros ônibus rumo a diversos pontos de Belo Horizonte. Nessa primeira fase, serão atendidos cerca de 35 mil passageiros por dia.

Ao fim da implantação, o Move Metropolitano deve contar com 288 ônibus: 115 articulados, 154 padrons mistos (com portas dos dois lados) e 19 padrons convencionais (com portas só do lado esquerdo). Eles terão ar-condicionado e outras tecnologias como os do BRT da capital mineira.

Veja mais detalhes desse projeto